Um estilo inabalável

Um estilo inabalável

Um estilo único, conhecido pela sua elegância floral ao longo dos séculos.

Foi em 1811 que Pierre-Nicolas Perrier casou-se com Adèle Jouët, marcando assim a gênese da casa Perrier-Jouët. Caracterizada desde o início por seus padrões rigorosos, a casa foi uma pioneira no campo da rastreabilidade e da luta contra a falsificação. De acordo com a prática das grandes casas de Champagne,  Perrier-Jouët foi a primeira a estampar o ano da safra em suas garrafas. E se, como às vezes acontece, as colheitas não corresponderem às normas de qualidade mais exigentes, a Casa opta pela qualidade e abandona a produção. Não aceitamos menos do que isso.   Alguns vinhos de anos notáveis foram selecionados e confiados ao silêncio das adegas. E ainda que cada uma dessas safras tenha um caráter distinto, todas, sem exceção, ilustram a excelência dos vinhedos Perrier-Jouët. É aqui, no Eden, que a nossa mais antiga safra de champagne é conservada, o Perrier-Jouët 1825.

 

Essa busca pela perfeição garante à Perrier-Jouët o seu lugar legítimo nas mesas mais prestigiadas. Sem mencionar as cortes reais de Napoleão III ou da rainha Vitória. Desde que a Princesa Grace de Mônaco declarou que a garrafa com a anêmona icônica era seu champagne favorito, o Perrier-Jouët Belle Epoque acompanha o Bal de la Rose há muitos anos.